Conheça o Luthier « Bem-vindo a bordo!

Em 2004, decidimos que iríamos morar a bordo de um veleiro, e empreender cruzeiros pela costa do Brasil. Sabíamos que necessitaríamos de tempo para resolver diversos ítens: trabalho, finanças, família, e, certamente, encontrar um veleiro adequado.

Desejávamos um veleiro seguro, com boa capacidade de armazenamento de água, local para baterias, aposentos confortáveis, seguro, marinheiro, ou seja, um sonho, onde tudo começa.

Depois de algum tempo procurando um veleiro, resolvemos construir um, porque tínhamos tempo, enquanto nos preparávamos para a viagem. Escolhemos o projeto do Samoa 34, da Roberto Barros Apresentação 2Yacht Design (www.yachtdesign.com.br), e vendemos nosso veleiro para poder iniciar a construção.

As plantas do projeto datam de junho de 2004. Um mês depois, começamos a preparar os gabaritos, e a laminar as primeiras peças. Em dezembro de 2008, 4 anos e meio depois, seguidas todas as etapas previstas no roteiro, o Luthier foi lançado ao mar, faltando ainda a  instalação de alguns itens de eletrônica, e a montagem dos cabos das velas no convés, sem falar na arrumação de todas as nossas coisas, porque já viemos morar a bordo.

A construção amadora, no quintal de casa, sem ajuda profissional, não foi uma opção, mas a única solução, porque morávamos em uma chácara, distante 15 km da cidade, mal servida por transporte coletivo, o que dificultou a contratação de mão-de-obra. Contribuiu para a construção amadora do Luthier, a experiência anterior com trabalhos manuais em madeira. Optamos por pré-cortar as madeiras em uma marcenaria, de acordo com as medidas da lista de materiais. Apresentação 1

O acabamento do interior do Luthier é simples, mas bem adequado às nossas necessidades.

A construção amadora, com ou sem ajuda profissional, ou em estaleiro, permite que o conhecimento que se tem da embarcação facilite em muito a futura manutenção. Pode-se ainda fazer pequenas alterações, para melhor adequar a embarcação ao seu uso, desde que não altere a estrutura, e sem prejuízo da estabilidade.

O lançamento do Luthier ao mar dá inicio às rotinas de manutenção, mApresentação 4elhorias, e aprender a morar a bordo, porque já percebemos que barco não é uma casa.

Morar a bordo deixa o dia cheio de atividades, com a manutenção, planejamento dos consumos de viveres, água, combustível e energia, acompanhamento das condições do tempo, etc. Sempre sobra tempo para velejar e conhecer novas pessoas.

Dorival e Catarina

A bordo do Veleiro Luthier

21 Comentários para “ Conheça o Luthier ”

  1. Lucca Feijo disse:

    Prezados, meu nome é Lucca e sou aquele cara que comprou o veleiro Muiraquitã um Dufour 27 lá do Brachui, onde tive o prezer de conheçe-los !!! Não sei se lembram ??? Bom estava eu navegando na Net e achei vcs !! Bom desejo ao simpático casal bons ventos e sucesso na viagem !! ha estou quase acabando a reforma do veleiro. grande abraço. Lucca

  2. Câmara disse:

    Catarina e Dorival, o meu boa tarde a vocês:

    Gostaria de perguntar-lhes uma curiosidade: é permitido livremente a um proprietário de embarcação aproximar-se da ilha de Fernando de Noronha ou é necessário permissão?
    Abc
    Câmara

  3. Dorival disse:

    Caro Câmara,
    A aproximação e o fundeio são permitidos, mas é necessário pagar uma taxa para o Ibama. Não sei informar qual o valor atual.
    Abraço,
    Dorival

    Caro Lucca,
    Se não me engano, você levou um tombo na plataforma de popa do novo barco, naquela ocasião. Obrigado por nos acompanhar e boas velejadas para você.
    Abraço,
    Dorival

  4. Eduardo disse:

    Dorival e Catarina, boa noite, navegando pela internet encontrei o o site de vcs e fiquei muito empolgado com o trabalho e a paixão envolvida na construção desse lindo veleiro, parabéns! Se me permitem qual o custo aproximado na construção do veleiro em relação aos materiais que foram utilizados ? abs eduardo

  5. Gilgerto e Helenita disse:

    Dorival e Catarina, ola como vão?, onde vcs estão?, que belo projeto, tanbém encontramos o site de vcs, vamos acompanhar sua navegada, aqui navegamos com um Bruma 19 pela costa de Santa Catarina, e estamos vendendo o bruma para passar para um maior.
    torcemos por vcs, por esse grande sonho.
    abraços e bons ventos por esses mares.
    GIlberto e Helenita VELEIRO NITAEBETO

  6. adolfo disse:

    Un saludo afectuoso para ustedes..vivo en chile y este ha sido mi sueño desde niño…he disfrutado mucho su paguina me parece muy interesante …felicidades y un gran abrazo desde chile para ustedes..

  7. Dorival disse:

    Caro Adolfo,

    Retribuimos o abraço, agora dos Açores. Obrigada por acompanhar a nossa página. Persiga o seu sonho, acredite nele e planeje-se para que ele se torne realidade.
    Catarina

  8. Dorival disse:

    Caros Gilberto e Helenita,

    Obrigada por nos acompanhar. Boa sorte com a nova aquisição de barco. Tomara que vocês possam levar o nome junto, “Nitaebeto” é muito bacana.
    Abraço,
    Catarina

  9. evandro lopes disse:

    oi catarina e dorival:
    que legal a viagem de voces.os encontrei a 4 semanas e estou sempre lendo seus relatos super interessantes.meu nome é evandro,velejo de windsurf na upwind em araruama,moro em cabo frio,litoral do rio de janeiro.sou apaixonado pela vela.sempre vejo os blogs da vela de cruzeiro.estou feliz por terem chegado bem…que bom.abraço forte pra voces.outro dia escrevo mais.
    bons ventos!
    evandro lopes

  10. Dorival disse:

    Oi Evandro,

    Gostamos muito da maneira como você se apresentou. É importante para nós conhecer quem nos lê.
    Admiramos quem anda de windsurf, não parece fácil se equilibrar na prancha, é mesmo para quem sabe (nós não sabemos).
    As oportunidades para a vela no Estado do Rio de Janeiro são muitas, a começar pelo mar de Cabo Frio.
    Agradecemos a torcida para fazermos uma boa viagem.
    Você é bem-vindo na página.
    Abraço,
    Dorival e Catarina

  11. veleiro emmanuel disse:

    parabens pela págima faça vc mesmo. bons ventos

  12. Aldir disse:

    Parabens a você Dorival e Catarina, gosto muito de vela espero que continuem assim , bons ventos e felicidade, Aldir .

  13. Nehemias disse:

    Dorival e Catarina:
    Estou acompanhando a vossa navegação, já faz parte de minha leitura diaria, se DEUS quiser logo vou eu……

    abraços.

  14. Dorival disse:

    Caro Nehemias, bem-vindo a bordo.

    Certamente você logo iniciará sua viagem, é inevitável, ainda bem. Você vai gostar.

    Abraço,
    Dorival

  15. Raimundo Bezerra disse:

    Ola,

    No site do Maracatu blog, entrei em contato com eles e informei do meu interesse, inclusive comentando que sou radioamador e eles me indicaram pra eu procurar voces… Gostei muito do site e com certeza estara na minha nleitura diaria… estou me organizando para daqui a uns anos, apos uma estabilizacao financeira, viver viajando a bordo de um veleiro… Espero aprender muito com as experiencias de voces..

    73

  16. Raimundo Bezerra disse:

    Para completar, meu indicativo e PT7CG de Fortaleza-CE

  17. Emepe disse:

    Achei um barato a historia de vcs espero poder acompanhar vcs pela met um abroço e bons ventos

  18. Alexandre disse:

    Boa tarde amigo que bela história, dedicação e determinação também.
    Estou com o mesmo sonho em mente.
    Mas não tenho espaço físico para ciniciar um projeto desse tipo.
    Você temalguém para indicar que me auxilia em laminação e construção de um barco semelhante ao seu?

    Um abraço
    Bons ventos

  19. Dorival disse:

    Oi Alexandre,

    Nós construimos o barco no quintal de casa, sem apoio de ninguém. O escritório Yachtdesign, do Cabinho é que nos deu todas as informações necessárias. Já estamos há 3 anos no mar e por isso também não conhecemos ninguém para indicar a você. O escritório do Cabinho pode te ajudar nisso. Veja em http://www.yachtdesign.com.br que lá tem um link para você fazer perguntas. Também há um forum onde os construtores trocam informações.
    Abraço,

    Dorival

  20. Sandra disse:

    Catarina Dorival 0lhei os email sentir saudades.
    Bjs.
    Sandra/Clipper Lavanderia.

  21. Roberta e Pedro disse:

    Olá, Catarina escreve muito bem, e as dicas técnicas de Dorival serão muito bem vindas na nossa estréia na vida náutica. Bons ventos e boa sorte na viajem! Abs da família Bolero- Bracuhy. Keep in touch! Roberta , Pedro & família

Trackbacks & Pingbacks:

Deixe um comentário